✩ [Resenha] Minhas Três Primaveras - R. Christiny . ✩

outubro 05, 2019










INSPIRADO EM UMA HISTÓRIA REAL 
CONTÉM CENAS FORTES
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
CONTÉM LINGUAJAR INAPROPRIADO
"Alguns sorrisos são muito mais do que simples curvas. Ás vezes eles também podem proferir grandes ameaças."

Meu nome é Luz, mas há um paradoxo em meu nome, se você observar mais de perto, verá que a minha vida é uma angustiante escuridão. As minhas escolhas não foram as mais sábias e os meus amores foram os mais errados.
Eu sempre acreditei que a morte viria de uma única vez, paralisando o coração e impedindo a respiração. Pensei que a dor fosse súbita e implacável, mas isso é uma terrível mentira. A morte pode dar um golpe fatal ou pode corroer seu corpo e sua mente, te lançando no abismo da loucura antes mesmo que você possa dar seu último suspiro.
Minha vida foi marcada por três primaveras e sei que antes de eu terminar de contar minha história, você já estará se questionando se ela é de fato real e irá querer saber como pude suportar tanta dor por todos esses anos, mas a verdade é que eu não suportei. Eu já estou morta, e foi em 1983 que eu comecei a morrer.


Autor: R. Christiny
Páginas: 707
Idioma: Português
Classificação: 10,00

Olá leitores! Vem ler a resenha desse livro extremamente doloroso. 
Antes de iniciar a resenha quero avisar para não ler MP3 se estiver esperando uma história linda e fofa, pois isso está longe de acontecer no livro. Lembrando que está é uma história real, e indicada para maiores de 18 anos, pois tem cenas fortes de abuso. É um livro cheio de gatilhos, então se você não está passando por bons momentos não leia a obra.

Luz era uma garota doce, cheia de sonhos e desejos. Uma garota que não conhecia o mundo e nem a maldade do ser humano, isso mudou até conhecer Enrico.  Depois que Enrico entrou em sua vida tudo desmorona, a partir disso sua vida se tornou um verdadeiro pesadelo.

Enrico é um homem cruel, obsessivo. Ele acredita ser dono de luz e faz horrores com ela, desde agressões psicológicas até físicas. Enrico usa as fraquezas de Luz à seu favor, como seus medos e inseguranças. Como todo abusador, Enrico no início era o homem perfeito, até casar-se e enfim  mostrar suas garras.

Esse livro trata também de círculos viciosos, de como os pais influenciam nos comportamentos de seus filhos. Nos mostra a importância de cortar círculos familiares conturbados, pois crianças que vivem em lares problemáticos sofrem e muitas vezes imitam o ato cruel do seu pai/mãe. Isso acontece com Enrico, pois ele nasce em um lar desestruturado com um pai desumano e perturbador.

Se você acha que já está ruim, lamento em informar, mas só piora. Enrico não foi o único monstro na vida de Luz, ele foi apenas o primeiro.. Os três homens que passaram na vida de Luz deixaram marcas profundas e cruéis. Quando achamos que finalmente Luz será feliz, novamente somos enganados.

Minhas três primaveras é um livro que traz muitas reflexões, pois quando olhamos de fora achamos que é muito fácil sair de uma relação abusiva. Mas a verdade é que tem tanta pressão psicológica que a vítima fica paralisada, morta por dentro. Muitas vezes duvidando da sua sanidade mental, e julgando ser culpada pelo que está fora do seu controle.

Toda a leitura é angustiante, não ache que no final tudo se ajeita. Definitivamente, essa não é uma história de amor. 

Essa é uma leitura difícil e desconcertante, mas gostei muito de ter lido. Infelizmente, é uma realidade e não podemos fechar nossos olhos.  Muitas vezes precisei interromper a leitura para conseguir respirar melhor, pois em cada capítulo é uma surpresa, e NUNCA são surpresas agradáveis.

Você já conhece a obra? Ou outros livros da autora? Conta aqui nos comentários!
Espero que tenham gostado da resenha de hoje. 💖


Quotes:

''Eu estava deixando Deus confuso. Sim, eu sabia. Eu pedia para que a morte me buscasse e, ao mesmo tempo, pedia para que pudesse viver outra vez.''

''Não tenha vergonha das suas marcas. Elas são provas de que você esteve em uma guerra e sobreviveu à ela.'' 

''O amor é bom. Mas o amor enlouquecedor não é. Há uma grande diferença entre esses dois tipos: O primeiro ama o que você é. O segundo ama o que quer que você seja. No primeiro você respira, no segundo você sufoca.''


Obrigada pela visita. Não esquece de deixar seu comentário 💗

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

15 comentários

  1. Tudo bem? Adorei essa capa! Maravilhosa!
    Suas impressões foram muito bem colocadas e deu para perceber exatamente o que você sentiu ao ler!

    ResponderExcluir
  2. oi!
    Eu adorei a dica :D a capa é linda, gostei da historia parece ser bem interessante...

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas parece ser uma leitura bem interessante e pesada e difícil. Fiquei bem curiosa para ler. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. um livro de 700 paginas baseado numa história real, tem tudo pra ser perfeito pra mim hahahahaha
    Eu vi algumas pessoas falando sobre o livro e fiquei muito curiosa mesmo pra saber do que o livro fala e sua resenha me deixou mais curiosa, acho que a gente precisa dessas leituras mais pesadas pra poder pensar na vida sabe. Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Oi, eu tenho visto mesmo comentários sobre o quão forte essa história é, infelizmente muitas pessoas ainda passam pelo que a protagonista passa no livro. Gostei de conferir sua resenha.

    ResponderExcluir
  6. Oieee, que capa mais linda. Não conhecia esse livro. Mesmo sendo uma história dolorosa daquelas que o autor sofre com o personagem, já quero fazer a leitura dessa obra.Obrigada por compartilhar conosco, bjusss.

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Imagino que realmente deve ser uma leitura angustiante, a história é muito pesada.
    Se o que você citou já me deixou com ódio do Enrico, não quero imaginar como irá afetar as minhas emoções as outras coisas que ele faz durante o enredo.
    Não conhecia o livro, fiquei tentada a lê-lo, apesar de ser um pouco extenso.

    www.pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Que ótima resenha desse livro! Gostei bastante de ler a sua resenha caprichada. E achei super valido e importante o aviso que deixou sobre ser um livro repleto de gatilhos e doloroso. Como estou passando por um momento delicado e sombrio na minha vida, só não lerei por conta disso.

    ResponderExcluir
  9. Parece bem angustiante mesmo. Ainda bem que você avisou desses gatilhos, é importante porque quem tem problemas psicológicos sabe como é doloroso se deparar com algumas coisas pesadas em livros/filmes.

    Adorei a indicação, abraços!


    🌗 Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir
  10. Menina, amei a capa do livro! A arte me passou algo tão bonito, e ao mesmo tempo tão devastador! É um calhamaço pra sacudir nossos pensamentos, né? Uma proposta Literária s tanto! Não conhecia! Parabéns! Bjsss

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro, mas me apaixonei pela capa e a sua resenha me deixou curiosa. Adoro livros que nos faz refletir sobre a vida. Sem dúvidas vou anotar na minha wishlist.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  12. Com certeza não deve ser um livro fácil, principalmente por conter bastante gatilhos, porém é um livro da vida real não é mesmo.. e quem disse que a vida real é fácil?
    Achei muito interessante sua resenha !!

    ResponderExcluir
  13. Amei a resenha e essa capa
    Tudo lindo, não sei se é pelo fato de eu amar girassol... mas amei tudo
    Parabéns ♡♡♡

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia o livro e já fiquei curiosa com a leitura, ainda mais por ser baseado em uma história real, me pareceu ser uma obra que me agradaria bastante e espero poder ler em breve

    ResponderExcluir
  15. Que capaaa linda!!
    Histórias baseadas em fatos reais sempre me interessam e me fazem querer ler. Anotei a dica!

    ResponderExcluir

Instagram

Curta no Facebook

Meu Skoob

Subscribe